Consumo após vacinação

“Com lojas abertas, varejo vende mais e consegue reduzir estoque – Giro das mercadorias melhora pela primeira vez desde que a pandemia chegou ao país” é o título da matéria de capa do Valor – Empresas de hoje 24 junho. Notícia positiva, sem dúvida.

Na outra ponta, assistimos a inflação (IPCA) passeando na casa dos 8%, nos últimos 12 meses. Importante frisar que ainda é baixo o impacto do consumo das famílias neste índice. Em especial quando sabemos, que ele tende a se elevar bastante com o avanço da vacinação.

Segundo o artigo de Aquiles Mosca, publicado no mesmo jornal, 62% dos brasileiros entrou na pandemia sem nem um real poupado.
https://valor.globo.com/google/amp/financas/coluna/vacinacao-reabertura-e-o-campo-minado-do-consumo.ghtml

A questão é como nos comportaremos daqui para frente? Teremos aprendido a poupar? Ou, ao contrário, voltaremos mais dispostos do que nunca a consumir, já que, afinal, não o fazemos faz tempo?

Uma bela de uma questão, associada à economia comportamental. A resposta terá um forte peso nas finanças pessoais de muitos brasileiros com enormes reflexos na economia como um todo e, naturalmente, em nossos negócios.

Assunto demandado por nosso grupo e já pautado para a próxima reunião VISTAGE CRM.